Transmissão

Em qual átrio você está ? ( Véu a dentro ? )

171 Agora, quero que notem outra coisa acerca disto. O peculiar da Luz à qual entra o crente quando está em Cristo - a peculiaridade disto. Agora os três átrios. O homem justificado aqui fora, ele caminha mediante a luz do dia. Algumas vezes ele tem dias sombrios. Você compreendeu isto? Oh, eu espero que vocês vejam isto. Deus vos abençoe. Alguns dias são sombrios, alguns dias você não sabe se vale ou não a pena servir a Deus. Você está caminhando no átrio exterior. Claro que você está comendo do Maná; claro que você é um crente; claro que tem Vida Eterna; e com certeza se você chegar a morrer você irá ao Céu. Verdadeiramente, porém que classe de vida está você vivendo? Todo dia você sai aqui, “hum, hoje estou mal humorado! Eu falei para eles sobre isso! Eu os amaldiçoei! Não pude evitá-lo! Deus, perdoa-me.”  ...

172 Claro que Ele perdoará. Certamente Ele perdoará. Você é Seu filho. Mas que tipo de vida está você vivendo?
173 Que coisa, não odeia você viver esse tipo de vida? As altas e baixas e os problemas e o esforço dia e noite. Se desvia; regressa à igreja; desvia; volta à igreja; isto e aquilo. Desculpando-se com isto aqui - este outro sujeito está simplesmente exuberante o tempo todo, sem nada.
174 Veja, em que classe de vida está caminhando você?  De acordo com o clima. Isto dá a luz fora - obscuro, cerrado; a metade - então um dia claro, então obscuro, e cerrado, e uma nuvem sobre o sol. Essa é a maneira que qualquer homem regenerado e justificado vive. Isso é correto. Esta é toda a luz em que ele tem que andar, quando ele apenas passar por aquilo.
175 Ele diz: “Eu venho a Cristo, Irmão Branham, me uni à igreja, pus meu nome no livro. Estou tratando de viver do melhor modo que posso.”
176 Bem, abençoado seja o seu coração, irmão. Eu aprecio isso. Deus o aprecia. Se você crê. “Aquele que ouve Minhas Palavras e crê naquele que me enviou, tem vida Eterna.” Você é meu irmão; eu te amo. “Mas, irmão Branham, minhas quedas e meus arrependimentos... oh, sou a pessoa mais miserável. Tenho que lutar todo o dia para poder viver” - porém isso é onde você está caminhando. Isso está bem; então eles dizem: “Eu quero ir mais profundamente.”
177 Bem, ele entra ao átrio. Agora, que há ali? Há sete candeeiros de ouro nesse Lugar Santo e estão dando luz. Os candeeiros estão dando luz. Isso é para o homem que parou de beber, parou de fumar, parou de mentir, parou de roubar, trata corretamente a seu vizinho, bom com sua esposa ( ou ela bondosa com seu esposo ) do mesmo modo, homem ou mulher; ou crente. Ele tem vindo a um lugar onde tem deixado toda a mesquinharia, o que se consegue mediante o Sangue com santificação. Tem sido chamado a um nova Vida, e ali caminha ele.
178 Ele não tem que caminhar por essa luz sempre; ele tem uma Luz melhor. Ele caminha na Luz dos sete candeeiros de ouro que estão queimando azeite de oliva; e o azeite de oliva representa ao Espírito Santo. O fogo era o batismo que o trouxe ao batismo, ou mesmo sendo batizado para tirá-lo fora com o Espírito Santo. Mas você ainda não está escondido, você não está atrás do véu ainda.
179 Ele está aqui. Ele caminha nestes sete candeeiros de ouro. Há muitas luzes..., muita luz ali. Há dia em que essas luzes se debilitam. Tem dia que as lâmpadas lançam fumaça e a luz não é tão boa. Há ocasiões em que tem que reacender essas luzes e você tem que tomar um pouquinho emprestado do vizinho para acender uma vela na outra. Ainda não é boa a luz. Damos graças por ela, porém ainda não é a luz correta. Oh - oh - oh - irmão! Vê você isto? Ainda não é a luz correta.
180 Você diz: “Irmão eu falei em línguas; eu gritei.” Foi maravilhoso, mas permitam-me dizer-lhes algo diferente. Muito bem, ele está caminhando nesta luz. É uma luz artificial. Não é a luz do sol, a luz da lua, das estrelas. O homem nos átrios de justificação, quando chega a noite, tem uma luz muito fraca - apenas as estrelas, ou uma pálida lua, um montão de nuvens em cima. Ele está numa situação desagradável.
181 Porém o homem que está em expectação... de si mesmo e é consagrado, diz: “Senhor, eu vou viver bem ao Teu lado, sou diácono na igreja ou alguma outra coisa. Vou ser bondoso com o vizinho. Tratarei de viver uma vida melhor, Senhor.” Bem , ele está vivendo uma vida melhor. Raramente sua luz se apaga, mas ficam enfumaçadas, e eles têm que acender uma na outra.
182 Mas o homem que andou além daquilo e entra quando o mundo está fechado, quando o véu cai a seu redor; sob a proteção das asas do Querubin, a grande glória de Shekinah,...?...Sob estas. Isso nunca enfraqueceu. Isso nunca se apagou. E o homem que vive na presença de Deus sob o véu, vive na glória da Shekinah. Não me importa se rugem as tormentas, ou as nuvens, ou a lua não brilhe, e as estrelas não brilhem - quando se apagam os candeeiros, isso não importa! Ele está vivendo na glória da Shekinah de Deus, sob o poder do Espírito Santo.
183 Não se apagou à noite, ela não se apagou... É como uma luz mística. Como uma luz de suave brilho. E o crente em repouso caminha dentro desse véu. A glória da Shekinah onde a panela do Maná estava, onde ele come diariamente, não se acaba. Ele come do Maná.
184 Oh, que coisa, ele não tem nenhuma preocupação no mundo. Tudo tem sido resolvido. Deus estava sobre ele. Ouvindo sua oração e respondendo sua oração! Não somente isso, mas ele está vivendo bem na presença do Rei. Deus na glória da Shekinah.

0 comentários:

Postar um comentário